Meus primeiros passos no Poker

Compartilhe:

Fala, galera! Beleza?

Aqui é o Johann Xangai, conhecido como “jxangai” nas salas OnLine de Poker.

Primeiramente, gostaria de agradecer a oportunidade que o Sagaz e o Léo me deram de ter um espaço nos Blogs do Brasil Poker. Esta será a minha primeira experiência em escrever sobre quando eu comecei, os times em que joguei e os principais fatores (positivos e negativos) em se jogar em um time de Poker.

Comecei a jogar em 2012, quando ainda estava no Ensino Médio, com os amigos da escola. Jogamos durante mais ou menos um ano, todas as sextas, em minha casa (por ser a mais próxima da escola). Fui me entusiasmando e comecei a procurar notícias, artigos e dicas na internet.  Lia tudo o que encontrava, era algo que me encantava e eu realmente via que funcionava usar as linhas de outros jogadores nas mesas, nesse “home game” com os meus amigos.

Um ponto curioso desse Poker na minha casa: o foco, para mim, era jogar, mas para meus amigos era só mais uma sexta-feira de risadas, conversas e bastante comida. Lembro da mesa em que jogávamos, de vidro, 10 lugares… sempre tínhamos que afastar um prato de doce, de pipoca ou de pastéis para entregar as cartas. Era muito engraçado, porque não separávamos as fichas por quantidade. Tínhamos um fichário e separávamos todas as fichas para quem iria jogar. Os “blinds” subiam de acordo com quem fosse caindo e às vezes jogávamos até 3 partidas.

A partir daí, fui me interessando e querendo saber mais sobre o Poker, como funcionava, algumas jogadas mais trabalhadas e então vi o mundo e a infinidade de coisas que estão por trás das 5 cartas do bordo.

Em 2013 entrei no mundo do Poker OnLine. Criei login e senha nas mais diversas salas de poker e comecei a jogar o famoso “play money”, ou dinheiro fictício. Joguei por um bom tempo, até conseguir fazer um “Bank Roll” gigantesco de play money. Conheci os “freerolls”, e comecei a jogar. Em um deles, com mais de 12 mil pessoas inscritas, fiquei em segundo lugar, ganhando ali cerca de 14 dólares. Depois disso, migrei para o “real money”.

Neste meu início do Poker OnLine, vi muitas matérias sobre gerência de “Bank roll”,  e eu levava isso a sério, mesmo na minha banca fictícia. Quando ganhei os dólares no freeroll, passei a levar mais a sério ainda! Jogava “sit’n go” de 10 cents, 25 cents e assim sucessivamente, sempre procurando os conteúdos na internet e me aperfeiçoando. Consegui então que os 14 dólares iniciais virassem 190.

Nessa época, já conhecia alguns times de Poker, como Steal Team (um dos maiores) , 4bet e outros. Então, com a ajuda de um amigo, consegui entrar justamente para o Steal Team, do João Bauer, Larissa Metran e do Evandro Vitoy. Isso foi um marco para o início da minha carreira, pois eram pessoas que eu admirava e acompanhava, vendo-os sempre serem bem sucedidos no Poker.

Aprender com os melhores e poder jogar patrocinado era muito importante para mim, e o que eu realmente procurava no time era o ensinamento que eles poderiam me passar, a dinâmica de um jogador de Poker e como me tornar um jogador melhor.

É isso, galera! Encerro por aqui este meu primeiro artigo, e no próximo escreverei sobre os fatores positivos e negativos em se participar de um Time de Poker. Espero que vocês gostem do texto e me passem um feedback, pra podermos nos ajudar cada vez mais. Qualquer dúvida, podem entrar em contato, deixo aqui o link do meu facebook.

Xangai

 

Johann Xangai, 22 anos, brasiliense, estudante de engenharia civil. Jogador de poker profissional pelo Step Team, mais de 15.000 torneios online jogados.

Facebook

Compartilhe:

Deixe seu comentário: